TRT 24: Saiu o edital para analista e técnico

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, que abrange o estado de Mato Grosso do Sul, divulgou no Diário Oficial da União desta segunda-feira (5/12) o edital TRT MS para carreiras de nível médio e superior.

O concurso TRT24 é para 1 vaga imediata, além da formação de cadastro de reserva (CR) nas funções de técnico e analista judiciário, devendo o mesmo ser utilizado durante todo o prazo de validade, de dois anos, podendo dobrar. Veja, abaixo, a tradição de nomeação do concurso TRT MS e não se intimide com o CR.

Inscrição concurso TRT 24
A organizadora é Fundação Carlos Chagas (FCC), que recebe inscrições entre às 10h00min do dia 8 de dezembro de 2016 às 14h00min do dia 26 de dezembro de 2016, com taxa de R$ 100 (analista) ou R$ 80 (técnico). Será permitida ao candidato a realização de mais de uma inscrição no concurso público para cargos e turnos distintos.


É obrigatório o pagamento da importância referente à inscrição, exclusivamente no Banco do Brasil, impreterivelmente, até o dia 26 de dezembro de 2016.
Especialidades do edital TRT MS

O edital TRT 24 oferece chances para as carreiras de técnico judiciário – área administrativa, que exige apenas nível médio, analista judiciário – área administrativa, para graduados em qualquer área, além de oportunidades para graduados em direito na função de analista – área judiciária e analista – oficial de justiça avaliador federal.

Quem possui nível médio/técnico em enfermagem ou informática poderá concorrer a esses postos. Oportunidades também para a função de técnico – segurança e transporte, que requer nível médio e CNH, no mínimo, categoria D ou E.

Há ainda oferta nas especialidades de nível superior em:
Contabilidade;
Biblioteconomia;
Engenharia; 
Medicina; e
Tecnologia da Informação;
Remunerações do edital TRT MS

É uma excelente oportunidade para candidatos com nível médio completo, nível superior em qualquer áreas e áreas especializadas que desejam seguir carreira em um tribunal de grande destaque no cenário nacional, pois os inicias são de R$ 7, R$ 12 ou R$ 14 mil em início de carreira, valores atualizados e que valerão a partir do segundo semestre do ano que vem, quando está previsto o ingresso dos novos servidores.

A remuneração do Analista Área Judiciária, Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal, por exemplo, é composta por R$ 11.007, somada a gratificação de atividade, no valor de R$ 1.670,43, mais R$ 884 de auxílio-alimentação e R$ 300 de auxílio saúde pode chegar a R$ 13.861, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenha filho.

Agora o valor de uma Analista Judiciário, Áreas Judiciária, Administrativa e demais especialidades passam a ser de R$ 11.007, somado aos auxílios-alimentação e saúde, chegam a R$ 11.921, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenha filho. O valor de um Técnico Judiciário é de R$ 6.709, somados aos mesmos benefícios básicos, é de R$ 7.893, podendo ainda ser acrescida de auxílio-natalidade de R$ 700, para candidatos que tenha filho.

Todos os valores mencionados estão de acordo com a Lei 13.317, sancionada em junho deste ano pelo governo, onde são reajustados tanto o salário-base quanto a gratificação de atividade judiciária (GAJ). No topo das carreiras chegará, em 2019, a R$ 11.398 e R$ 18.701. 
Etapas concurso TRT 24
Para os que optarem pelo cargo de analista, haverá uma prova objetiva com 60 questões, versando sobra conhecimentos gerais e específicos. Os candidatos passarão ainda por prova de redação ou estudo de caso, esse último sendo apenas para cargos com especialidades.

Aqueles que optarem pela função de técnico serão avaliados apenas por meio de provas objetivas, que terão 20 questões de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Haverá ainda prova de capacidade física para área de segurança.

Os conhecimentos gerais para função de técnico, na área administrativa, é composto por questões de português, raciocínio lógico-matemático, noções de direito dos PNE e informática. Já a parte específica tem noções de direito administrativo, constitucional, direito trabalho, direito processual do trabalho.

O posto de técnico, na especialidade de segurança, terá a objetiva composta por questões de português, raciocínio lógico-matemático, noções de direito dos PNE e informática. A específica conterá noções de direito administrativo, constitucional, segurança de dignatários, planejamento e segurança, segurança da informação, serviço de inteligência, gestão de conflitos e legislação.

Para a prova de capacidade física para o cargo de Técnico Judiciário/Segurança e Transporte, é recomendado que se inicie a preparação física desde já.

Local e data da prova do concurso TRT 24
A aplicação das Provas Objetivas e Discursivas, para todos os Cargos/Áreas/Especialidades, está prevista para o dia 26 de março de 2017, na cidade de Campo Grande/MS. Pela manhã, será a vez dos dos futuros Técnicos Judiciários, todas as áreas e especialidades. Já à tarde, todos os cargos de Analista Judiciário, todas as áreas e especialidades.

A aplicação do TAF, para o cargo de Técnico – Segurança está prevista para 30 julho 2017.
Cerca de 1.600 serão classificados no concurso TRT MS 2016/2017

O concurso terá apenas 1 vaga imediata, porém formará cadastro de reserva e nada menos que 1.620 candidatos aprovados serão classificados e permanecerão à disposição do órgão, podendo ser contratados durante a validade do concurso. No caso do Analista Judiciário – Areá Judiciária, 360 candidatos terão seus exames avaliados pela comissão do certame. Já na área administrativa, 60, e de oficial de justiça avaliador federal, mais 240. As demais funções especializadas de analista terão os 60 melhores classificados na objetiva para correção do estudo de caso, exceto TI, que contará com 120. 

Agora o grande destaque fica por conta da função de Técnico Judiciário – Área Administrativa, em que 360 candidatos estarão classificados na seleção. A função de Técnico – Especialidade de Segurança contará com 60 classificados nas provas objetivas. Por fim, até 120 técnicos em TI, 60 técnicos de enfermagem poderão ser contratados ao longo da validade do certame.

Tradição de nomeação do concurso TRT 24
O último concurso TRT MS aconteceu em 2010 e expirou em 17 de junho de 2015. Foram oferecidas 31 vagas mais formação de cadastro de reserva no cargo de Analista Judiciário (áreas Administrativa, Apoio Especializado e Área Judiciária) e 16 vagas imediatas mais formação de cadastro de reserva no cargo de Técnico Judiciário (áreas Administrativa e Apoio Especializado). O número de servidores convocados para tomar posse foi MUITO maior, como pode ser visto a seguir:
Analista Judiciário – Área Judiciária – 87 convocados
Analista Judiciário – Área Administrativa – 5 convocados
Analista Judiciário – Execução de Mandados – 36 convocados
Analista Judiciário – Tecnologia da Informação – 11 convocados
Técnico Judiciário – Área Administrativa – 123 convocados
Técnico Judiciário – Tecnologia da Informação – 3 convocados

Veja o edital: https://goo.gl/CpUdlA

Fonte: Granconcursos

Concurso TRT 24 (MS): edital deve ser publicado ainda em 2016

Foi publicado no dia 28 de Setembro deste ano a Portaria nº 108/2016, que instituiu a comissão de servidores responsáveis pelo próximo concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, com sede no Mato Grosso do Sul (concurso TRT 24 MS). 
concurso TRT 24
A presidência da comissão para o próximo concurso TRT 24 (MS) está sendo exercida pela servidora Ana Paula Maiolino Volpe e integrada pelos servidores Alencar Minoru Izumi, Francisco das Chagas Brandão da Costa,  Maria Leonor Rocha e Cristhiano Karlo Moraes Sandim.

Leia a Portaria na íntegra:
Portaria nª 108/2016

Fonte. Blog estrategia Concursos

Concurso TJPE: IBFC é escolhida para elaborar o edital do próximo certame

No dia 9 de novembro, a banca IBFC – Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação – foi convocada a apresentar documentação. A banca convocada anteriormente, VUNESP, foi desclassificada por manifesto desinteresse ao não apresentar os documentos. Já são, no total, 8 organizadoras desclassificadas, como você pode verificar na imagem abaixo:
concurso tj pe edital
Segundo consulta realizada pelo Estratégia Concursos no site do Pregão Eletrônico, o prazo máximo para o IBFC apresentar os documentos venceu em 11 de Novembro, como pode ser visto nesta troca de mensagens:
concurso tj pe
Como esta é a última informação disponível, a banca continua com status de “arrematante”:
concurso tj pe edital
Nos próximos dias a análise dos documentos da banca IBFC deve ser encerrada. Ela pode ser considerada a vencedora, passando para a etapa de adjudicação e homologação, ou pode ser desclassificada, como já ocorreu com 8 bancas. Neste caso, a próxima seria a desconhecida banca CALEGARIOX. Caso esta não seja contemplada, em seguida aparecem duas bancas grandes: FCC e CESPE. Veja abaixo:
fcc-cespe-tjpe
O Estratégia Concursos seguirá acompanhando este pregão eletrônico e publicando as novidades neste espaço.
Assessoria de Comunicação – Estratégia Concursos
O Estratégia Concursos já lançou cursos para o concurso TJPE (Os cursos serão atualizados, gratuitamente, de acordo com a banca escolhida). Veja em:
CURSOS COMPLETOS (VÍDEO E PDF) PARA O TJPE

Fonte. Blog estrategia Concursos

Concursos dos Tribunais 2016/2017 têm 10 editais confirmados!

Excelente notícia aos concurseiros! De acordo com o levantamento feito pelo site, há nada menos que 10 concursos de Tribunais confirmados. Cargos atrativos, salários acima da média do mercado, progressão na carreira e garantia de estabilidade, são as características dos certame que serão listados a seguir.

Alguns deles terão seus editais divulgados muito em breve – caso do TRF-RJ/ES e TRT RR/AM. Outros, seguem previstos para o próximo ano, inclusive já no orçamento. 



1) Tribunal Regional Federal (TRF 2ª Região) 
Está mais próximo do que nunca a abertura do concurso do Tribunal Regional Federal da 2º Região (Concurso TRF 2016). De acordo com informações obtidas, o contrato entre a Consulplan e o órgão já foi assinado, mostrando que o edital deve ser mesmo divulgado até 15 de novembro. Mais um indício que o concurso está bem próximo, é a informação no site oficial da organizadora, onde mostra a página do concurso já disponível. 


2) Tribunal Regional Federal (TRF 1ª Região) 


Com a comissão do instituída, cresce as expectativas de abertura do concurso do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (Concurso TRF 1ª Região 2016), com sede em Brasília e jurisdição nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. A expectativa é que o concurso TRF 1 Região 2016 conte com os mesmos cargos do último concurso. Na época (2011), foram oportunidades em cadastro reserva para nível médio e superior, nos cargos de técnico e analista, respectivamente.

3) Tribunal Regional Federal (TRF 5ª Região) 
O concurso do Tribunal Regional Federal da 5ª Região já está sendo analisado como proposta de orçamento para o ano de 2017, conforme informou a Subsecretaria de Orçamento e Finanças do Estado. O documento precisará ser votado no Congresso Nacional e apesar de ainda não haver previsão de quando o recurso será aprovado, os interessados em ingressar no órgão deverão ficar atentos a futuras informações.

4) Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) 
Está previsto a abertura de concurso público do Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Santa Catarina (Concurso TRE/SC 2017), conforme informou o órgão. O documento de Orçamento da União para 2017 solicita recursos para a realização do concurso nos cargos de técnico e analista, com requisito de nível médio e superior, respectivamente.

5) Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) 
Em breve será divulgado o edital de concurso público do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará(Concurso TRE/CE) para nível médio e superior. É que de acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual para 2017 (PLOA), está previsto a realização de concurso para os cargos de técnico e analista judiciário (veja abaixo). O Projeto precisa ser aprovado no Congresso para ir à sanção presidencial. 

6) Tribunal Regional Trabalho (TRT-MS) 
Em breve será divulgada uma ótima oportunidade para o Mato Grosso do Sul. Acontece que o Tribunal Regional do Estado – 24ª Região vai divulgar a abertura de concurso público (Concurso TRT-MS 24ª Região 2016/2017) para cargos de nível médio e superior. Um grande passo para abertura do certame foi dado ontem, 28 de setembro, quando o órgão escolheu, através de portaria, a comissão que será responsável pelo certame (veja abaixo). O documento foi assinado pelo desembargador presidente do Tribunal, Nery Sá e Silva de Azambuja.

7) Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) 
Edital será divulgado em breve.

8) Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO) 
Boa notícia! O Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Tocantins trabalha firme para divulgar a abertura de seu novo concurso público (Concurso TRE/TO 2016). De acordo com a Portaria da Presidência, nº 388/2016, está definida a comissão organizadora da seleção (veja abaixo), composta pelos servidores Marcos Diniz Gonçalves, Alexandre Batista Fonseca, Auryany Fonseca Gonçalves Dias, Rafael Monteiro Gagini e Ivana Aparecida Rosa Leão Rezende.

9) Tribunal Regional Trabalho (TRT Amazonas e Roraima) 

Boa notícia! Foi divulgado no Diário Oficial da União o EDITAL  ANÁLISE DO EDITAL TRT 11ª REGIÃO - AM e RR CLIQUE AQUI E CONFIRA 

O concurso do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima (Concurso TJ RR 2016/2017) está autorizado. A informação foi divulgada através do Diário de Justiça Eletrônico desta segunda-feira, 10 de outubro (veja abaixo). Além da autorização, foi formada uma comissão encarregada pela execução dos trabalhos, sendo composta por cinco servidores, tendo um juiz como presidente. O concurso deve oferecer os mesmos cargos do último certame. Na oportunidade, as vagas foram para Administrador, Analista Processual, Biblioteconomista, Contador, Analista de Sistemas, Arquiteto, Assistente Social, Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico, Oficial de Justiça, Pedagogo, Psicologo, Agente de Proteção, Agente de Acompanhamento, Técnico Judiciário, Técnico Informática e Auxiliar administrativo, com exigência de nível fundamental, médio e superior. Os salários oferecidos oscilam entre R$ 1.521,45 a R$ 5.313,01 por até 35 horas semanais

Fonte: Notícias concursos.

Técnico administrativo tem a maior demanda no TRE-RJ

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), que está com a validade do último concurso vencendo em dezembro, deverá abrir uma nova seleção para a área de apoio, em 2017. Embora ainda não se tenha a confirmação de todos os cargos/especialidades que deverão ser oferecidos, técnico judiciário da área administrativa, que exige apenas o nível médio, sem experiência, certamente será contemplado (cadastre-se gratuitamente e entenda o porquê a seguir). 

Por isso, é importante antecipar a preparação desde já (leia matéria de dicas de estudo e confira o edital do último concurso). Além dessa carreira, analista judiciário é outra que será abrangida também, do 3º grau.

Isso porque, além de ser a função com o maior déficit (informação confirmada por uma fonte ligada ao TRE e também pelo Sindicato dos Servidores das Justiças Federais no Estado do Rio de Janeiro - Sisejufe), o número de convocados para essa função comprova isso. Ao todo, desde que a seleção anterior, de 2012 (para 19 vagas iniciais), foi homologada, o órgão chamou 272 aprovados para tomarem posse. Esse quantitativo inclui 104 analistas judiciários (carreira de nível superior) e 168 técnicos judiciários (sendo 159 somente na área administrativa, o que demonstra a maior carência nessa especialidade, muito em virtude da alta rotatividade de servidores).


A grande necessidade de técnicos judiciários não é recente. No penúltimo concurso, de 2006, o TRE-RJ abriu 435 oportunidades iniciais nas mesmas carreiras, mas chamou 594 concurseiros, sendo 342 técnicos judiciários e 252 analistas judiciários. Além de fazer a contratação de concursados pelo regime estatutário, o que lhes garante a estabilidade no emprego, o tribunal fluminense propicia remunerações bem atraentes.

Desde 1º de novembro, o técnico judiciário recebe, por exemplo, R$7.051,99 mensais, sendo R$2.965,38 de salário base, R$3.202,61 de Gratificação Judiciária (GAJ) e R$884 de auxílio-alimentação. Já o ganho dos analistas judiciários, graduados, passa para R$11.003,92, composto por R$4.865,35 de vencimento-básico, R$5.254,57 de GAJ e o auxílio-alimentação de R$884. Além disso, há outros benefícios oferecidos pelo TRE-RJ, tais como a Gratificação de Atividade de Segurança (GAS) - apenas para os ocupantes de cargos cuja especialidade seja Segurança Judiciária -, auxílio pré-escolar e reembolso com gastos do plano de saúde.

O Cebraspe (antigo Cespe/UnB) foi o organizador do concurso de 2012, que constou de duas etapas: provas objetivas e uma redação. Na primeira avaliação foram cobradas disciplinas como Português, Noções de Legislação, Atualidades, Noções de Arquivologia, de Informática, Raciocínio Lógico, Contabilidade Geral e Governamental, Matemática Financeira, Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Direito Constitucional, Administrativo, Eleitoral, Civil, Processual Civil, Penal e Processual Penal, entre outras. 


Fonte: Folha Dirigida

Concurso TRT 11: Edital publicado. Vagas para nível médio e superior. Remuneração inicial de mais de R$ 10 mil. Confira!

Foi publicado hoje, 11 de novembro, no Diário Oficial da União o edital de abertura do concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (Amazonas e Roraima). O concurso TRT 11 destina-se ao provimento de vagas para os cargos de Técnico e Analista Judiciário do quadro de pessoal do órgão. O certame será realizado e organizado pela Fundação Carlos Chagas – FCC.
As inscrições serão efetuadas, exclusivamente, via internet, no período das 10 horas do dia 17 de novembro às 14 horas do dia 12 de dezembro de 2016 (horário de Brasília) no site da FCC. Valor da inscrição é de R$ 120,00 (nível superior) e de R$ 90,00 (nível médio).
Para os cargos de Analista Judiciário, a remuneração inicial é de R$ 10.119,93 e remuneração do cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal será acrescida da Gratificação de Atividade Externa – GAE, no valor de R$ 1.702,87. Veja no quadro abaixo a relação de todos os cargos de nível superior e a quantidade de vagas:
concurso trt 11
Clique na imagem para ampliar.
Já para os cargos de nível médio, a remuneração inicial é de R$ 6.167,99. No quadro a seguir estão listados os cargos e vagas de nível médio:
concurso trt 11
Clique na imagem para ampliar
O Concurso constará das provas, número de questões, pesos, duração conforme a s tabelas abaixo.
  • Analista Judiciário (Nível Superior):
concurso trt 11
Clique na imagem para ampliar.
  • Técnico Judiciário (Nível Médio):
concurso trt 11
Clique na imagem para ampliar.
As provas objetivas serão realizadas nas cidades de Boa Vista – estado de Roraima e Manaus – estado do Amazonas, conforme opção indicada pelo candidato no formulário de inscrição, com previsão de aplicação para o dia 19 de fevereiro de 2017, nos seguintes períodos:
  • No período da MANHÃ: para os cargos de Técnico Judiciário, todas as Áreas e Especialidades;
  • No período da TARDE: para os cargos de Analista Judiciário, todas as Áreas e Especialidades.
Confira o EDITAL TRT 11.
AULÃO DE ANÁLISE DO EDITAL TRT 11 (AM/RR)

O Estratégia Concursos já lançou cursos para este certame: 
CURSOS – TRT 11ª REGIÃO (AMAZONAS E RORAIMA)

Fonte. Blog estrategia Concursos

Receita Federal: oferta de 400 vagas. 2º e 3º graus


336x280Enfim, a notícia que muitos esperavam. O concurso para a Receita Federal está programado para ser realizado já no próximo ano. Isso porque o governo já incluiu no seu orçamento de 2017 a abertura de concurso para 400 vagas no órgão, para cargos dos níveis médio e superior. Como os concursos da Receita Federal costumam atrair um grande número de inscritos, os interessados precisam iniciar a preparação o quanto antes.

De acordo com o encaminhamento do governo, o concurso será tanto para a área fiscal, nos cargos de auditor-fiscal e analista-tributário (ambos de nível superior), quanto para a área de apoio, nos cargos de assistente técnico-administrativo (apenas nível médio) e analista técnico-administrativo (nivel superior).
O quantitativo de vagas por cargo não foi informado, mas possivelmente a maior parte deverá ser para a área administrativa, nas funções de assistente e analista. Apesar de a agenda política ser a de controle dos gastos públicos, com a tentativa do governo em aprovar no Congresso Nacional a PEC 241, o concurso para a Receita Federal foi incluído no orçamento. O órgão é considerado estratégico para aumentar as receitas da União.
A grave carência de pessoal é reconhecida pela Receita, que este ano chegou a enviar pedido de concurso ao Ministério da Fazenda, ao qual é subordinada, para 9 mil vagas. Com o objetivo de facilitar a sua autorização, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, remeteu a solicitação ao Ministério do Planejamento contendo apenas o quantitativo necessário ao atendimento das demandas mais urgentes, totalizando 2.495 vagas. Na ocasião, foram solicitadas 400 vagas de auditor, 600 para analista-tributário, 787 para assistente técnico-administrativo e 60 de analista técnico-administrativo.
Embora o quantitativo estabelecido no orçamento de 2017 seja inferior ao que foi solicitado, isso representou uma vitória do ministro Henrique Meirelles, homem forte da política econômica do país, que, pelo que se vê, conseguiu a liberação das vagas para recompor os quadros da Receita. Além disso, vale destacar que durante o prazo de validade do concurso, outras vagas poderão surgir.

Concurso da Receita minimizará saída de servidores

A programação de

Câmara dos Deputados prevê concurso no ano que vem


300x250Está prevista para o ano que vem a realização de concurso da Câmara dos Deputados, em Brasília, para os cargos de técnico legislativo, de nível médio, com remuneração inicial de R$14.322,12, e analista legislativo, de nível superior, com iniciais de R$21.502,29. Apesar de as vagas serem apenas para Brasília, como muito provavelmente também deverá ser o caso das provas, trata-se de uma grande oportunidade inclusive para quem mora no Rio de Janeiro, tendo em vista as atrativas remunerações e a previsão de estabilidade, já que as contratações são pelo regime estatutário.

A previsão do concurso consta no orçamento da União para 2017, enviado ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo. A abertura da seleção é atribuída à Coordenação de Recrutamento e Seleção do Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor) da Câmara. A oferta de vagas não foi informada. Entretanto, se for considerada a quantidade de vacâncias em ambos os cargos, deverão ser oferecidas até 418 vagas, sendo até 288 de técnico e até 130 de analista. Os dados são referentes a agosto deste ano, com o número de vagas desocupadas podendo aumentar até a abertura do concurso.
As remunerações informadas têm como base a tabela de remunerações divulgada pela Câmara dos Deputados e são compostas de vencimento básico, gratificação de representação, gratificação de atividade legislativa e vantagem pecuniária individual. As remunerações ainda têm previsão de reajuste, garantido em lei, de 5% em janeiro do ano que vem, 4,8% em 2018 e 4,5% em 2019.

Autorização chegou a ser concedida em 2014

A Câmara dos Deputados chegou a ter um novo concurso autorizado no fim de 2014, mas a seleção não se concretizou até então. Segundo a autorização, as vagas de técnico seriam na especialidade de assistente legislativo e as de analistas nas seguintes especialidades: técnico em documentação e informação legislativa, técnico em material e patrimônio, assistente social e analista de informática legislativa.
O último concurso da Câmara ocorreu em 2014, com oferta de 113 vagas, das quais 60 para técnico, na especialidade de agente de polícia legislativa, e 53 para analista, nas especialidades de consultor legislativo e consultor de orçamento e fiscalização financeira. Ao todo, 51.789 pessoas se inscreveram no concurso, sendo 39.307 para técnico e 12.482 para analista. A seleção foi organizada pelo Cespe/UnB e compreendeu provas objetivas, discursivas, avaliação de títulos (apenas para nível superior) e prova de aptidão física (somente para candidatos ao cargo de agente de polícia), aplicadas apenas em Brasília.
As provas de conhecimentos básicos foram sobre Língua Portuguesa, Legislação, Noções de Informática e Raciocínio Lógico para técnico e Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Espanhola e Processo Legislativo para analista. O concurso teve a validade prorrogada recentemente, até julho de 2018, o que não impede a realização de uma nova seleção no ano que vem, desde que seja para especialidades diferentes.
Fonte. Folha Dirigida

TJMG: Confira as novidades do certame. Remuneração inicial de mais de R$ 3 mil.

concurso TJMG

O concurso para o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) já tem banca definida e está próximo de acontecer. A organizadora escolhida foi a Consultoria e Planejamento em Administração Pública (Consulplan), com proposta aprovada pela área técnica. A próxima etapa será a efetivação da banca através de contrato formal. Após a publicação do contrato no Diário Oficial, o edital poderá sair logo em seguida.
Os cargos oferecidos serão de nível médio com chances para Oficial de Apoio Judicial (Justiça Comum) e Oficial Judiciário (Comissário da Infância e da Juventude). A remuneração inicial é de R$ 3.238,54, já acrescido o auxílio-alimentação, de R$ 799. O valor da inscrição deverá ser de R$ 60 para as duas funções, de acordo com o termo. 
De acordo com o Termo de Referência divulgado pelo TJMG, o conteúdo programático que será cobrado no próximo certame é o seguinte:
  • Língua Portuguesa – para todos os cargos/especialidades
  • Noções de Informática – para todos os cargos/especialidades
  • Noções de Direito – para todos os cargos/especialidades: Direito Constitucional, Constituição do Estado de Minas Gerais de 1989, Lei de Organização e Divisão Judiciárias do Estado de Minas Gerais, Regimento Interno do TJMG, Lei dos Juizados Especiais, Estatuto do Idoso, Lei sobre informatização do processo judicial, Sistema Processo Judicial Eletrônico.
Veja a relação do conteúdo programático na íntegra: Conteúdo TJMG
Recentemente o Estratégia Concursos realizou um aulão, online e gratuito para o concurso TJMG, assista:

Cursos para Concurso TJ-MG 2016

Concurso TJ RR: Criada comissão organizadora. Próximo certame será para todos os níveis. Confira!

CONCURSO TJ RR TRIBUNAL


O Tribunal de Justiça de Roraima (TJ RR) publicou hoje, 10 de outubro, no Diário de Justiça Eletrônico do Estado, a Portaria que constituiu a comissão para realização do próximo concurso TJ RR para provimento de vagas em cargos de nível superior, médio e fundamental.
A comissão é composta por 5 membros, dentre eles 1 Juiz de Direito (presidente da comissão) e 4 servidores efetivos do Tribunal. 
O último concurso TJ RR foi realizado em 2012 e organizado pelo Cespe/Cebraspe para todos os níveis de escolaridade. Os cargos contemplados nesse certame foram:
  • Administrador
  • Analista Processual
  • Biblioteconomista
  • Contador
  • Agente de Proteção
  • Técnico Judiciário
  • Auxiliar Administrativo
Quando da publicação do último edital TJ RR as remunerações eram de R$ 5.313,01 para os cargos de nível superior, R$ 2.656,54 para os cargos de nível médio e R$ 1.521,45 para o cargo de nível fundamental. Atualmente, segundo consta no site do TJ RR, a remuneração para os cargos de nível superior é de R$ 6.811.55, para os de nível médio é de R$ 3.405,82 e para nível fundamental é de R$ 1.950,57.
Veja abaixo a Portaria do TJ RR que instituiu a comissão organizadora do próximo certame: 
concurso TJ RR
O Estratégia Concursos lançará em breve cursos para o concurso TJ RR. Acompanhe:  CURSOS POR CONCURSO
Cursos Online para Concursos
Fonte. Blog estrategia Concursos

Concurso Câmara dos Deputados: Mais de 400 vagas destinadas a concursados estão em aberto. Confira!

camara-dos-deputados
Segundo o último balanço realizado pela Câmara dos Deputados, 421 vagas destinadas a concursados de nível médio e superior estão em aberto. Com um quantitativo alto de cargos vagos e sem concurso vigente, tudo indica que o aguardado concurso Câmara pode acontecer em breve.
Do total, há um déficit de 133 profissionais no cargo de Analista Legislativo, nas áreas de Analista de Informática Legislativa (16), Assistente Social (3), Assistente Técnico (1), Consultoria (9), Contator (6), Enfermeiro (1), Engenheiro (2), Médico (9), Taquigrafo Legislativo (16), Técnica Legislativa (8), Técnico em Comunicação Social (10), Técnico em Documentação e Informação Legislativa (29) e Técnico em Material e Patrimônio (23). Já para Técnico Legislativo, há 288 vagas nas áreas de Agente de Polícia Legislativa (9), Agente de Serviços Legislativos (13) e Assistente Administrativo (266).
Vale ressaltar que para os cargos de Analista Legislativo nas áreas de Assistente Social, Informática Legislativa, Técnico em Documentação e Informação Legislativa, Técnico em Material e Patrimônio e Técnico Legislativo na área de Assistente Administrativo,  já foi autorizada, pela mesa diretora, a realização de novo concurso público. Para que o mesmo aconteça ainda é necessário que sejam definidos o número de vagas, que seja formada a comissão e feito o processo licitatório para a escolha da banca organizadora.
De acordo com dados de fevereiro de 2016, a Câmara dos Deputados possui 3.258 servidores concursados, 1.571 ocupantes de cargos de natureza especial (CNEs) e 10.772 secretários parlamentares.
O Estratégia Concursos já lançou cursos para o concurso Camara dos Deputados. Confira em: CLIQUE AQUI 

300x250

Concursos 2017: veja os principais certames previstos para o próximo ano

concursos previstos 2017Olá, tudo bem? Neste artigo você terá as informações mais recentes sobre os concursos 2017. Falaremos dos principais concursos previstos e também daqueles que já se encontram abertos, para auxiliar a sua tomada de decisão e o seu planejamento para o próximo ano. Para começar a nossa conversa, gravei o vídeo abaixo:

Como disse no vídeo, organizei os concursos por áreas neste artigo. Isto é importante pois, caso você esteja se preparando para um concurso de uma área (por exemplo, para Auditor da Receita Federal), você pode ficar atento, também, nas notícias sobre outros concursos na mesma área (como os fiscos estaduais e municipais). Trata-se de uma ótima forma de você aproveitar o seu estudo! Os certames de uma mesma área costumam ter várias disciplinas em comum e nível de complexidade da prova parecido.
Caso você se interesse por algum dos certames, basta clicar no nome deles para conhecer os nossos pacotes de cursos com aulas em VÍDEO e aulas ESCRITAS (pdf) para cada concurso, ok?

Principais concursos previstos 2017 – carreiras de TRIBUNAIS e MINISTÉRIO PÚBLICO

  • TRT/11 (Amazonas e Roraima) – foi escolhida a banca FCC para o próximo certame, que deve ocorrer em 2017.
  • TRE/ES – foi aprovado crédito suplementar para realização do certame, que deve ter provas no primeiro semestre de 2017. A última prova foi da banca CESPE em 2011.
  • TRT/12 (Santa Catarina) – também teve aprovação de crédito suplementar para realização do certame, que deve ter provas no primeiro semestre de 2017. A última seleção foi organizada pela banca FCC em 2013.
  • TRT/6 (Pernambuco) – mais um tribunal com crédito suplementar aprovado para realização do certame, que deve ter provas no primeiro semestre de 2017. A última prova foi da banca FCC em 2012.
  • TRT/7 (Ceará) – último concurso aconteceu em 2009 e teve a FCC como banca organizadora. Esse certame já venceu. Espera-se que em 2017 o órgão abra novo concurso.
  • TRT/24 (Mato Grosso do Sul) – foi aprovado crédito suplementar para realização do certame, que deve ter provas no primeiro semestre de 2017. A última prova foi da banca FCC em 2010. Já foi instituída a comissão organizadora do próximo certame.
  • TJ/RJ – o concurso vence em dezembro de 2016, e há rumores de que o próximo ocorra em 2017. O anterior foi realizado em 2014 pela FGV.
  • TJ/PR – o último concurso da 1ª instância aconteceu em 2009 e,  na ocasião foram oferecidas 26 vagas. O certame foi organizado pelo próprio Tribunal. O próximo concurso é esperado para 2017.
  • TJ/SP – o concurso para o interior do estado vence em Maio de 2017, e deve ocorrer ainda no próximo ano. O último foi da banca VUNESP em 2014.
  • TJ/PE – o pregão eletrônico para escolha da banca está próximo do final. A banca escolhida deve ser a VUNESP, e as provas devem ocorrer no primeiro semestre de 2017.
  • TRF2 (RJ e ES) – o processo de escolha da banca está quase finalizado, e deve ser confirmada a CONSULPLAN. As provas devem ocorrer no início de 2017.
  • TRF1 – o último concurso foi realizado em 2011, a banca organizadora foi a FCC. Há previsão de que em 2017 o Tribunal abra novo concurso.
  • MPE/AL – já foi criada comissão para organização do próximo certame. O último foi da banca FUNDEPES, da Universidade Federal de Alagoas, em 2012.
  • STJ – no último concurso do Superior Tribunal de Justiça o cargo de Analista Judiciário da Área Judiciária não foi contemplado. Assim, deve ser lançado em 2017 um concurso para este cargo.
  • TST – o último concurso do Tribunal Superior do Trabalho ocorreu em 2012, e expira em Novembro de 2016. Como este Tribunal costuma lançar novo concurso tão logo o anterior vença, é muito provável que em 2017 tenhamos o certame.
  • TSE – o último concurso do Tribunal Superior Eleitoral ocorreu em 2012 e foi organizado pela CONSULPLAN. Assim, como já existe um grande volume de cargos vagos no órgão, espera-se a realização do próximo certame no primeiro semestre de 2017.

Principais concursos previstos 2017 – carreiras POLICIAIS e da área de SEGURANÇA

  • Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) – o Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) foi escolhido como banca organizadora do próximo certame. Edital em breve com 204 vagas para oficiais.
  • Polícia Militar de São Paulo (PMSP) – já foi escolhida a banca VUNESP para o concurso de Oficiais, que terá 131 vagas. E foram autorizadas 5.400 vagas para soldado. Este concurso deve ocorrer no primeiro semestre de 2017.
  • Polícia Federal (PF) – o último concurso de Agente de Polícia e de Agente Administrativo ocorreram em 2013, enquanto o último concurso para Perito e Delegado foram em 2012. Todos foram organizados pelo CESPE. Não há previsão de orçamento na LDO 2017 para nomeações no próximo ano, porém é possível que ainda assim o concurso ocorra para nomeações em 2018.
  • Polícia Rodoviária Federal (PRF) – o último concurso ocorreu em 2013 e foi organizado pelo CESPE. Foi solicitado novo concurso pela instituição. Uma vez que não há previsão na LDO 2017, caso ocorra concurso no próximo ano as nomeações devem ficar para 2018.
  • Agente Penitenciário de Pernambuco –  está escolhida a banca CESPE para o próximo certame, que terá 200 vagas. O edital deve sair ainda em 2016, com provas no final do ano ou no primeiro semestre de 2017.
  • Bombeiros PE – está confirmada a realização de um novo concurso para o corpo de bombeiros de Pernambuco. O último certame foi em 2006. É provável que as provas ocorram em 2017.
  • Polícia Científica do Paraná – já foi definida a banca IBFC para a realização do próximo concurso, cujas provas podem ficar para 201
  • Polícia Civil de São Paulo – há rumores de um novo concurso da PC/SP em 2017 para os cargos de Agente, Escrivão, Investigador, Perito e Delegado, uma vez que o último foi realizado pela VUNESP em 2013.
  • Agente Penitenciário de São Paulo (SAP/SP) – está autorizada a realização de concurso para 1.679 vagas. A banca mais provável é a VUNESP.

Principais concursos previstos 2017 – carreiras FISCAIS

  • ICMS/BA  o último certame aconteceu em 2004 para o cargo de Auditor Fiscal e foi organizado pela FCC. O novo concurso estava na proposta orçamentária de 2016. Como não ocorreu até o momento, é provável que fique para o próximo ano. 
  • ICMS/CE – o último certame foi realizado em 2006,  para a função de Auditor e Analista. A banca foi a ESAF. O concurso estava no orçamento de 2016, mas acabou não ocorrendo até o momento, de modo que há chance de ocorrência em 2017.
  • ICMS/RO – o último concurso para o cargo de Auditor Fiscal aconteceu em 2009 e foi organizado pela FCC. O próximo certame já foi autorizado. Serão oferecidas 20 vagas para o cargo de Auditor Fiscal  e cinco para Analista.
  • ICMS/RR –  o concurso anterior ocorreu em 2006 e foi realizado pela desconhecida CETAP. Já foi criada a comissão para estudar a viabilidade da realização de novo concurso em 2017.
  • ICMS/SP – o concurso anterior foi realizado em 2013 e teve a FCC como banca organizadora. Este ano a Secretaria de Fazenda de São Paulo solicitou à Secretaria de Gestão Pública autorização para a abertura de um novo certame em 2017.
  • ICMS/RJ – o último certame aconteceu em 2013 e foi organizado pela FCC. Apesar das dificuldades financeiras que o estado do Rio de Janeiro atravessa, há possibilidade (embora não tão grande) de ocorrência deste certame em 2017.
  • ICMS/DF – o último certame foi realizado em 2001 e organizado pela FCC. O concurso está autorizado desde 2014, após o cancelamento do concurso de 2011, que seria realizado pela banca FUNIVERSA. Embora não seja tão grande, existe possibilidade de ocorrência deste certame em 2017. 
  • ISS/São Paulo  o processo seletivo anterior aconteceu em 2014 e foi organizado pela banca CETRO. Não temos informações, no momento, que indiquem a ocorrência deste certame em 2017.
  • ICMS/RN – o último concurso foi em 2004, organizado pela ESAF. Já foi formada comissão para o próximo concurso, que deve ocorrer em 2017.
  • Receita Federal – a princípio não há previsão de nomeações na Receita Federal em 2017 na proposta de LDO. Entretanto, considerando que o último concurso foi em 2014, é possível a ocorrência deste certame no segundo semestre de 2017, com nomeações em 2018.
  • Auditor Fiscal do Trabalho (AFT) – Este certame encontra-se em situação similar ao da RFB. O último ocorreu em 2013 e foi realizado pela banca Cespe.

Principais concursos previstos 2017 – carreiras BANCÁRIAS e área FINANCEIRA

  • Banco do Brasil (BB)  o último concurso aconteceu em 2015 e foi organizado pela CESGRANRIO. Espera-se que o Banco lance edital em breve contemplando os estados do ES, MG, RJ, RS, SC e parte de AM. Ainda há previsão de uma nova seleção para SP, AL, BA, DF, GO, MS, parte de MG, PA e TO, pois a validade do concurso BB (02/2013) foi encerrada em 8 de maio.
  • CAIXA – o concurso anterior aconteceu em 2014 e foi organizado pelo CEBRASPE/CESPE. O prazo de validade do certame de 2014 expirou em junho de 2016. A expectativa é que em 2017 a CEF abra novo processo seletivo.
  • Banco Regional de Brasília (BRB) – o certame  ocorreu em 2011 e foi organizado pelo CEBRASPE/CESPE, tendo 1.180 escriturários nomeados. O prazo de validade do concurso expirou em Dezembro de 2015. A expectativa é de que o próximo certame ocorra em 2017.
  • BACEN – o Banco Central solicitou novo concurso, entretanto isto não foi previsto na LDO 2017. Ainda assim é possível que ocorra em 2017, mas para nomeações em 2018.
  • CVM – a Comissão de Valores Mobiliários teve seu último concurso em 2010, realizado pela ESAF. Assim como os demais concursos do executivo federal, não há previsão de nomeações em 2017, embora ainda assim o concurso possa ocorrer no próximo ano.

Principais concursos previstos 2017 – OUTRAS carreiras do EXECUTIVO FEDERAL

  • INCA – o IDECAN irá organizar o próximo concurso do órgão. O edital pode ser publicado a qualquer momento. 
  • Ministério da Saúde  o próximo concurso já foi autorizado para o preenchimento de 102 vagas. Edital em breve. As provas podem acabar ficando para 2017.

Principais concursos previstos 2017 – carreiras LEGISLATIVAS

  • Senado Federal  o concurso anterior aconteceu em 2012 (para os cargos de Consultor, Analista, Técnico e Policial) e organizado pela FGV. É possível que o Senado realize novo concurso em 2017.
  • Câmara dos Deputados – O último concurso da Câmara dos Deputados aconteceu em 2014 e ofereceu 113 vagas para Analista – Consultor de Orçamento e Fiscalização Financeira, Analista – Consultor Legislativo; e Técnico – Agente de Polícia Legislativa. A banca organizadora foi o Cespe. É possível a ocorrência de novo concurso em 2017.
  • CLDF – o próximo concurso já está previsto no orçamento de 2017. O último certame ocorreu em 2006 e teve o Cespe como organizador. 
  • ALESP –  os concursos anteriores aconteceram em 2010 e 2012, e  foram organizados pela Fundação Carlos Chagas (FCC). A Assembléia Legislativa de São Paulo está se organizando para a realização do novo concurso, espera-se que em 2017 o órgão abra nova seleção.

Principais concursos previstos 2017 – TRIBUNAIS DE CONTAS e CONTROLADORIAS

  • TCDF – este certame está previsto na LDO 2017 do Distrito Federal. Assim, é praticamente certo que ele ocorrerá no próximo ano. O último foi realizado pelo Cespe em 2013.
  • TCU – não há previsão orçamentária para nomeações no Tribunal de Contas da União em 2017. Ainda assim é possível que o concurso ocorra no ano que vem, para nomeações em 2018.
  • CGU  aqui temos uma situação similar à do BACEN, uma vez que não há previsão orçamentária para  nomeações em 2017. O concurso pode ocorrer, mas para nomeações em 2018.

Principais concursos previstos 2017 – EDUCAÇÃO

  • SEDF – a Secretaria de Educação do Distrito Federal deve lançar em breve concurso para os cargos de professor, bem como os demais cargos administrativos do órgão. 
  • SEDU/ES – o governador do Espírito Santo informou que deve ser lançado concurso com 1.000 vagas até o final do ano para os cargos de professor. O último certame ocorreu em 2015 e foi organizado pela FCC.

Principais concursos previstos 2017 – demais EMPRESAS PÚBLICAS

  • Correios o concurso anterior aconteceu em 2011 e foi organizado pelo Cespe. A expectativa é que os Correios abra concurso no próximo ano para o cargo de carteiro e de operador de triagem e transbordo (OTT), ambos de nível médio.
Esse artigo tem por objetivo destacar, de forma bem realista, os principais concursos que têm chances de acontecer no próximo ano. O ano de 2016 têm sido uma “caixinha de surpresas” para os concurseiros: alguns editais que eram esperados não saíram e outros, que haviam poucas chances de acontecer, tiveram editais lançados. E 2017 pode ser assim também!
Concursos como da CGU, TCU, MDIC, Receita Federal, PF, PRF, AFT, Bacen, INPI, BNDES, IBAMA, não possuem previsão orçamentária para nomeações em 2017. Porém, como aconteceu em alguns certames este ano, pode haver liberação de crédito suplementar para que uma nova seleção aconteça. Outra possibilidade é aplicação de provas no segundo semestre do próximo ano para contratações em 2018.
Por isso, se você busca um concurso que não está nessa lista, não desamime! Mantenha o foco e persevere. Se for necessário, mude um pouco sua rota de estudos e, temporariamente, mire em concursos semelhantes àquele que tem como objetivo final. E lembre-se, “o segredo do sucesso é a constância no objetivo”
Fonte. Blog estrategia Concursos

Cursos Online para Concursos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...